+351 261 814 240
38.964797, -9.302733

Assinatura de dois protocolos na presença do Ministro do Ambiente e da Ação Climática

25 Jun Assinatura de dois protocolos na presença do Ministro do Ambiente e da Ação Climática

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, esteve na Tapada Nacional de Mafra onde decorreu uma reunião de trabalho onde foram assinados dois protocolos.

Dia 24 de junho foi marcada pela presença do Sr. Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, Sr. Secretário de Estado da Conservação da Natureza das Florestas e do Ordenamento do Território e pelo Sr. Presidente da Câmara Municipal de Mafra.

Por razões de segurança, relacionadas com a contingência a que todos estamos sujeitos, esta reunião foi reduzida, mantendo-se o distanciamento Social e apenas com um representante da Comunicação Social.

O protocolo, assinado em Mafra entre o Fundo Ambiental, a Tapada e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, prevê a execução de ações de conservação da natureza, educação ambiental, requalificação e melhoria das condições de visitação.

Para o ministro do Ambiente e da Ação Climática, que considerou a Tapada um espaço “único”, trata-se de proporcionar uma “capacidade de financiamento reforçada que, no futuro, dará os seus frutos”.

“Investir na Tapada Nacional de Mafra cria uma rede de ensino e partilha que pode ser uma mais valia da Área Metropolitana de Lisboa, que tem a bênção de ter este espaço e que deve ser protegido. Acredito que todos podemos fazer deste um espaço de referência na educação ambiental”, disse João Pedro Matos Fernandes durante a assinatura do protocolo.

Com este protocolo estão previstas a aquisição de equipamentos para a gestão de espaços naturais, florestais e de infraestruturas de apoio à visitação, a aquisição de três carros elétricos e de meios e conteúdos de sensibilização e educação ambiental, incluindo áudio guias e sinalética interpretativa.

O  Presidente da Direção da Tapada Nacional de Mafra, Carlos Manuel Pais, classificou este dia como “muito importante”, frisou que este acordo permite “gerir e dignificar este espaço para melhor poder receber”.

“Estamos a construir um tronco comum de preservação e promoção deste espaço com base num modelo de articulação entre entidades”, afirmou.

Foi ainda assinado o protocolo “Há festa em família na Tapada”, entre a Tapada Nacional de Mafra e a Câmara Municipal de Mafra, que pretende regularizar as visitas e atividades em família para os munícipes do concelho, depois da sua suspensão devido à pandemia de covid-19.

O Presidente da Câmara de Mafra, Hélder de Sousa e Silva, congratulou a nova direção da Tapada pelo trabalho feito nos seis meses que leva de mandato e afirmou que tem assistido com agrado ao renascimento do espaço, criado por decreto real em 1747.

“Tem-se feito muito pela Tapada nos últimos seis meses e isso é prova de que não pode haver um divórcio dos mafrenses com a Tapada. É para eles que avançamos com a congregação de esforços de todas estas entidades”, vincou o autarca, que avançou que os dois acordos assinados “promovem a preservação e fruição” da Tapada.

Houve ainda tempo para umas palavras de agradecimento e estímulo às equipas de Sapadores Florestais do concelho, de conhecimento e interação com os parceiros da TNM; atividades com as aves de Rapina, Apicultura e Passeio de charrete.




Newsletter Powered By : XYZScripts.com