+351 261 814 240
38.964797, -9.302733

Cinegética

A importância da caça na Tapada

A importância da caça na Tapada Nacional de Mafra remonta à sua fundação, em 1747, devido às potencialidades cinegéticas deste espaço. A prática da caça está ligada à natureza humana desde os tempos pré-históricos, evoluindo de uma actividade indispensável à sobrevivência humana ou de complementaridade alimentar, para uma prática de recreio e lazer, associada ao gosto pelo contacto com a natureza e à gestão das espécies animais.

Continuando a sua vocação inicial de parque de caça dos monarcas de Portugal, a Tapada Nacional de Mafra é, ainda hoje, uma Zona de Caça Nacional. Na Tapada, esta prática desportiva é realizada em total harmonia com a natureza, aliando a componente de lazer com a necessária manutenção do equilíbrio dos ecossistemas, indispensável para a vitalidade dos próprios animais. Sendo este um espaço murado e sem predadores naturais, a actividade cinegética permite manter o equilíbrio das diferentes populações animais que vivem na TNM e, simultaneamente, limitar a pressão dos animais sobre a vegetação.

A gestão cinegética inclui um conjunto de acções técnicas. Entre estas, incluem-se a gestão rigorosa da densidade das populações cinegéticas, a gestão da vegetação de modo a melhorar as condições de habitat e o fornecimento de alimento aos animais em períodos de escassez. A gestão cinegética tem também um importante papel ecológico por substituir a função cumprida, em tempos remotos, por predadores como, por exemplo, o lobo-ibérico. A pressão dos animais sobre a vegetação é assim mantida em níveis equilibrados, evitando a sua degradação.

A Tapada Nacional de Mafra organiza, em determinadas alturas do ano, mediante inscrição prévia e limitada, jornadas de caça maior, ao veado, gamo e javali. A limitação da caça a determinados períodos do ano tem por objectivo não interferir com a época de reprodução dos animais. O tipo de caça varia de acordo com os animais. Ao javali são feitas esperas nas noites de lua cheia, entre Março e Novembro, enquanto que os veados e os gamos são caçados selectivamente em caçadas organizadas entre Outubro e Fevereiro.